LARANJEIRAS um "Muséu a Céu Aberto"

domingo, 8 de maio de 2011

Por Uma Laranjeiras DE Todos e PARA Todos


Está mais do que provado que a palha da cana é um câncer para nossa Laranjeiras, corrói tudo que encontra pela frente, e não deixa que a cidade cresça. Graças aos Céus ainda não virou uma metástase, e está em nossas mãos salvar nossa cidade.
O primeiro passo a ser dado é voltar os olhos aos vereadores da nossa cidade. Esses são o símbolo do egoísmo, incompetência, da vergonha e da traição para com seus concidadãos laranjeirenses. Têm o poder na mão para ajudar a terra onde nasceram, mas, se submeteram ao chicote da palha da cana ajudando a destruir a cidade, e, por conseguinte, ao povo.

Segundo a Lei Orgânica Municipal, os vereadores possuem muito mais poderes e determinações que o poder executivo, a problemática é que não são capazes de enxergar. Encontramos muitas atribuições, mas vamos citar algumas de suma importância para o município:

Art. 14 - Cabe à Câmara Municipal, com a sanção do prefeito, legislar sobre as matérias de competência do Município, especialmente no que se refere ao seguinte:
I. Assuntos de interesse local, inclusive suplementado a legislação Federal e a Estadual, notadamente no que diz respeito:
b) à proteção de documentos, obras e outros bens de valor histórico, artístico e cultural, como os monumentos, as paisagens naturais notáveis e os sítios arqueológicos do Município;
d) à abertura de meios de acesso à cultura, à educação e à ciência;
e) à proteção ao meio ambiente e ao combate à poluição;
l) ao estabelecimento e a implantação da política de educação para o trânsito;

Legislar a favor do povo é o que menos fazem nossos vereadores. Por não serem capazes ou por não querem? Eis a questão. O fato é que desvalem dessas ações. Relembrando um fato inusitado, quando o grupo de Paulinho da Varzinhas estava queimando documentos públicos na prefeitura, a vereadora Brasilina, presidente da câmara naquele momento, disse que queimavam papeis de fundo de gaveta. Imaginem! mais de 7 horas de fogo, e uma vereadora desdenhando documentos públicos, na ocasião em que a própria estava encarregada de governar a cidade por conta da cassação do prefeito.
Toda secretaria tem seu orçamento próprio, mas a grande maioria, como por exemplo: Da Cultura, Do Meio Ambiente, Da inclusão Social, e outras, não têm autonomia para decidir sobre essa verba. Assim, o secretario tem de depender da boa vontade dos nossos gestores para realizar algum projeto. E, como boa vontade a favor do bem da cidade é algo inexistente no vocabulário dessa gente nossa "atenas sergipana" segue estagnada. Quem tem o poder de acabar com essa brecha, favorecedora a desfalques, são os vereadores, porém, seria exigir demasiado da sua competência.            
A Educação é um verdadeiro caso, o Plano de Carreira dos professores foi elaborado visando à escravização dos mesmos, cada vez tem de trabalhar mais e receber menos, a estratégia é: professores desanimados, educação de má qualidade, povo sem educação vende o voto muito barato, assim se perpetuam no poder.
Guardas de Trânsito, até existem depois do último concurso público, no entanto, para enfeitar a cidade, por que até hoje não podem atuar, posto que, falta uma política de trânsito na cidade. Por falta de vontade e capacidade política? Seguramente é mais fácil permitir que se cerque a cidade como se fosse um curral, do que pensar e atuar sobre esse tema, e promover uma proposta de educação de transito para proteger o patrimônio e a população. Enquanto isso, carros, motos e cavalos sobem e descem ruas em alta velocidade, sem respeitar os pedestres, e menores motorizados desfilam livremente pela cidade sem nenhuma fiscalização.
A secretaria de Meio Ambiente também existe, todavia, para cabine de emprego. Em pleno século XXI, onde as autoridades mundiais lutam para salvar o planeta, não temos uma proposta de coleta seletiva de lixo, nem no centro da Cidade. Sabem a desculpa? O povo de Laranjeiras não têm educação. Desculpa esfarrapada, como um povo pode ter saber e consciência, quando seus legisladores não promovem nenhum tipo de instrução?                

Art. 15 - Compete à Câmara Municipal, privativamente, entre outras, as seguintes atribuições:
IV. Exercer, com o auxílio do tribunal de Contas ou órgão estadual competente, a fiscalização financeira, orçamentária, operacional e patrimonial do Município;
X. FISCALIZAR E CONTROLAR, diretamente, OS ATOS DO PODER EXECUTIVO, incluídos os da Administração indireta e funcional;
No caso dos vereadores de nossa cidade Fiscalizar e Controlar significa apoiar e favorecer tudo que determina o executivo. Aprovam tudo que prejudicam o povo, desde taxa de iluminação pública à privação ao acesso no ônibus dos estudantes por nossos jovens. Tudo por dinheiro! Dinheiro é bom, mas não compra algumas das coisas mais importantes na vida como: a dignidade, o respeito, a felicidade e a SAÚDE! Além do mais, não existe dinheiro no mundo que compre ou modifique um passado.
De Mauro e Luciano ninguém esperava nada mesmo, são vereadores eleitos por estratégicas políticas, devem até o último fio de cabelo a palha da cana, por tanto, só farão o que seus donos determinem. Esperar algo deles, é “chover no molhado”.
Jânio, e principalmente Zé Bodega, são as maiores das decepções, os dois são funcionários concursados de uma grande empresa, e, conseqüentemente, antes de entrar na política já tinham suas vidas financeiras resolvidas. Esperávamos muito deles, lhes críamos homens preparados para encarar as astúcias da palha da cana; entretanto, a única coisa que fazem é subir na tribuna da câmara para reclamar. Reclamam de tudo. Desde colocação de canos de ferro nas ruas da cidade à falta de segurança pública. Será mesmo que isso é o máximo que podem fazer? Zé Bodega faça valer seus conhecimentos em direito! Reclamação! Deixe isso para nós, o povo. VOCÊS TÊM É DE AGIR! Porém, o problema é que se deixaram corromper, e agora, estão mergulhados no “cabaú” da cana até o gargalo!
Astucia é o adjetivo que melhor encaixa para as vereadoras Brasilina e Ceiça, vivem pulando de galho em galho para não perder a boquinha, e achando pouco o mau uso do dinheiro do dinheiro público (da câmara), nesses tais seminários inventados, ainda recebem dinheiro de forma ilícita pela prefeitura. Quanta pobreza de espírito, dessas duas criaturas. Como explica nesse email anônimo, um vereador ganha por baixo 18.000 mil reais por mês, isso é mais que suficiente para viver dignamente, com muito menos se pode viajar até para o outro lado do mundo, sem precisar defraudar o povo. 
Gardênia e Carmen são as representantes oficiais da palha da cana, o único que lhes interessa é a manutenção da suas famílias. João Ferreira tinha como maior sonho da sua vida ser eleito vereador, até hoje não mostrou para que, é uma figura quase que invisível.
Enfim, esta e as passadas gerações de vereadores são o cúmulo do falta de ética, da incompetência, da ambição, do egoísmo e da vergonha. A diferença entre estes e os escravos está no dinheiro que ganham, porque a submissão é a mesma, sendo que os escravos não tinham armas para lutar contra seus donos, e estes possuem armas, contudo, preferem as chicotadas da palha da cana. Visto que, vendem a alma por ter um pouco de “poder”, entretanto, o que fazem é dar cada vez mais “poder” a palha da cana. 
Ajuda-os a reproduzir o sistema dos coronéis mal tratando o povo, haja vista, não estimulam o desenvolvimento da sociedade , para que assim, o povo se humilhe a eles por migalhas. Não enxergam que se a cidade cresce todos que aqui estão, crescerão juntos com ela, inclusive, a própria renda da cidade aumentaria, conseqüentemente, o montante que seria repassado à câmara; todavia, preferem fazer que o povo os reverenciem por esmolas e assim manter o circulo vicioso de compra de votos.     
Tem vereador se achando o máximo porque mantêm varias famílias, então perguntamos: Se existisse uma política de crescimento econômico para a cidade, seria necessário políticos manterem famílias? E se querem mantê-las porque não usam seu próprio dinheiro? Querem ser generosos com dinheiro alheio, posto que, o que dão de ajuda ao povo é do próprio povo
Se o comércio não funciona, e a prefeitura não tem como empregar a todos, além de pagar um salário de miséria, não existe nenhuma proposta de uma economia sustentável, como sobreviverá o povo? Só tem de se humilhar aos políticos, estes elevam o ego pisando no orgulho próprio de um pai ou mãe de família. Assim funciona a administração laranjeirense.
Felizmente o mundo está em constante transformação, e mesmo, as estratégias políticas, utilizadas por nossos gestores para que Laranjeiras siga parada no tempo, não serão pairo a impedir o crescimento de nossa amada cidade. Também, é certo que essa transformação não será para agora, mas uns pequenos passos já estão sendo dados, e como diz o dito: é de vagar que se chaga ao longe. Graças aos meios tecnológicos os acontecimentos estão cada vez mais transparentes, e o povo está tendo acesso a informações jamais tidas anteriormente, assim sendo, seguiremos na expectativa da mudança, e a esses "vereadores" resta lembrar-lhes que ESTAREMOS DE OLHOS ABERTOS!            




Laranjeiras, maio de 2011
Movimento anti palha da cana
Texto enviado por leitor (JF1) que apoia esse movimento.

5 comentários:

  1. As coisas escritas de uma maneira tão clara, chocam de verdade. Estamos tão acostumado com isso, que já nem nos damos conta dos acontecimentos. Aos vereadores só deixo uma pergunta: Que legado vocês deixarão como memória para as futuras geraçoes?

    Vamos a luta precisamos mudar essa história!

    ResponderExcluir
  2. POLITICA DE LARANJEIRAS ´´O ESPETACULO DA VERGONHA ;; ISTO AINDA E POUCA COISA DO QUE ESTA ACONTECENDO , NOS PODEMOS MUDAR ESTAO ATE COMPRANDO LIDERADANÇAS POR 1500 REAIS MES OS VEREADORES JA RECEBEM 5MIL A MAIS NOS VENCIMENTOS POR DOIS ANOS POR TEREM VOTADO NO ATUAL PRESIDENTE ISTO E MENSALAO PAGO PELO POVO PARA ELEGER UM PRESIDENTE QUE E UM FANTOCHE NA MAO DO VICE SO FALAM EM GRUPO OU SEJA QUADRILHA PARABENS PELA CLAREZA DO ARTIGO ATENCIOSAMENTE RICARDO HAGENBECK PPS 23 LARANJEIRAS

    ResponderExcluir
  3. karacaAAAA... cada vez que se escreve algo, mais podres vêm à tona...A COISA TAH REALMENTE FEIA EM LARANJEIRAS!!! QUE DEUS NOS PROTEJA, AMÉM!!!

    ResponderExcluir
  4. Não sou em nada melhor que qualquer um dos vereadores eleitos por ocasião da última eleição realizada em 2008, agora componentes da atual legislatura da Câmara dos Vereadores do Município de Laranjeiras.

    Graças a Deus, a cada dia que passo, consigo entender melhor que seja humildade.

    O que nos difere é o compromisso que cada um deles tem com o “status quo”! Não que eu não os tenha, todos temos, independentemente do grau de consciência que cada um de nós tenhamos. Você não tem?
    Que porra de “está tu com”? Está com Paulinho, com a Varzinhas? Está tu com Ione, com a Boa sorte?, está tu com Marcos Franco, com o Pinheiro? Está tus com quem? Ou com ninguém?

    Deixemos de pilhéria ou firula, que esta matéria é paga.

    Acontece que se eu, você, ou qualquer outra pessoa, se predispor a se tornar vereador, a representar nossa comunidade, e antes de eleito ou após eleito, fizermos acordos do tipo eu te apoio senhor prefeito, senhor poder, sua entidade, sua santidade me dá vantagens?... tipo um cargo, dois cargos, três cargos, uma diretoria, duas diretorias, uma secretaria, duas secretarias, 5 cargos cc, empregos sem trabalhar, carros e casas alugados..., verbas públicas para minha associação alojar meus trabalhadores despejados das minhas fazendas, casas para uns pobres amigos meus votarem por livre espontânea gratidão por mim, para eu comprar um tratorzinho todo equipado para eu usar com meus correligionários, uma verbinha para eu fazer um turismozinho, um mensalinhozinho pequenininhozinhozinho...

    ...ufa, só isto que você quer?

    Farei tudo que meu mestre quiser!

    Estamos de acordo!

    Ah!, então é por isto que estes vereadores ficam como que todo, parados, como que balançando a cabeça em sinal que sim, loucos por mais um gol, é gooooooollll, mais um cargo, mais uns trocados, mais um sei lá o que .... (complete você).

    Todos, de um modo ou de outro, comprometidos com algum tipo de conchavo?

    Concluindo, estaremos cobrando compromisso com a comunidade. Se estamos pensando pouco, participando debatendo estudando compreendendo pouco, teremos que fazer exercícios, fisioterapia, que ninguém tem culpa de ser o que é. A elite não é tão genial ou tão inescrupulosa assim, o povo não é tão alienado assim, o índio no mato, as caravelas chegando com suas escopetas cuspindo fogo, que nem revoada de passarinho quando estoura o “bum!”, olha o portuga, o francês, o holandês, o civilizado, deu portuga na cabeça, manda chamar o negão que o índio não trabalha não, chicote estalando cortando a pele negra... inventaram a máquina a vapor, libertaram os escravos, larga estes caras “ao deus dará!”

    e o índio, e o negro, e o branco pobre, tudo de um lado,

    e o branco com sorte com parente com esperteza, “manda quem pode obedece quem tem juízo”

    e o remediado no meio.

    Laranjeiras após seu período de ouro teria entrado em profunda decadência, Aracaju é a capital e eu vou pra capital, quem pode, pode, quem não pode que se ...ode! Aí, Laranjeiras enfrentou anos difíceis, imagino eu, muitos viveram na própria pele. Índios, os negros e os brancos pobres viveram miscigenados anos difíceis.

    Olha que estão chegando as indústrias, vem a Fafen, a Cimesa, o Pinheiro que foi a única empresa do tipo usina de açúcar que sobrou no Sergipe (salvou-se quem poder). As indústrias, os empregos, a riqueza.

    Chegamos ao século XXI (vinte e um), ciclo vinte e dois, como diria o Gilberto Gil.

    Ao aqui e agora, quem tem ouvidos, ouça!

    Sou pré-candidato a vereador de Laranjeiras. Vou discutir o passado o presente sonhar com o “há de vir” de alegria e esperança para os meus conterrâneos.

    A chegada da Universidade Federal de Sergipe à Laranjeiras é apenas o inicio. O fortalecimento do sistema de ensino, seja municipal, estadual, federal, público ou privado, deve ser perseguido obsessivamente por todo e qualquer cidadão que estiver comprometido com um futuro de luz para a cidade de Laranjeiras.

    Nossos filhos e irmãos merecem este esforço. Este mico. Este papel de otário. Acreditar é sempre, sempre será um grande risco.

    Max Franco

    ResponderExcluir
  5. Precisamos nos mobilizar para combater essa política de "pão e circo" onde nessa historia o único PALHAÇO é o POVO.
    Max Franco, bom te conhecer.
    Espero que vc tenha mesmo coragem e sabedoria para lutar contra essa política que aí está.

    ResponderExcluir